Follow by Email

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

RÁPIDA MUDANÇA DO PÓLO NORTE: dados alarmantes do NOAA

magneitic-north-pole-shift-50-year-periods-last-150-years







Para mais informações (em inglês) veja site do NOAA: http://www.noaa.gov/index.html

NOAA = National Oceanic and Atmospheric Administration dos EUA.

O Centro Nacional de Dados Geofísicos do NOAA (National Geophysical Data Center) mantém um conjunto de dados sobre ascoordenadas do pólo norte magnético anual  que remontam ao ano de 1590, obtidos de medições iniciais dos navios e de técnicas mais modernas.
Observando que tem havido muita informação de mudança do Pólo Norte Magnético, ultimamente, até o ponto onde que o fenômeno já está realmente causando problemas no mundo real, como o fechamento temporário de aeroportos , uma investigação mais profunda sobre essa mudança esta em curso.

Depois de transferir os 420 anos de dados de posição do pólo norte do Geo Data Center do NOAA, e configurá-lo para caber em uma planilha do Excel, adicionando uma fórmula complicada para determinar a distância exata entre dois conjuntos de coordenadas de latitude-longitude, aplicando a fórmula para cada ponto da série DE dados  e, finalmente, planejando tudo isso em um gráfico visual, é alarmante descobrir a quantidade de deslocamento do pólo magnético - apenas nos últimos 10 anos .

Aqui há um fato muito interessante ...
Desde 1860, a mudança do pólo magnético  mais do que duplicou em relação à períodos anteriores a cada 50 anos . Isso é bastante significativo. Em termos geológicos, o que parece ser muito 'rápido'.

- Aqui está um outro fato muito interessante ...
Durante os últimos 150 anos, o deslocamento do pólo foi na mesma direção.

- O fato a seguir é ainda mais surpreendente ...
Durante os últimos 10 anos, o pólo norte magnético se deslocou cerca de metade da distância total dos últimos 50 anos! Em outras palavras, a inversão dos pólos aparentemente se acelerou substancialmente nos ÚLTIMOS 10 ANOS.

A mudança do Pólo Norte mais que dobrou de velocidade a cada período dos últimos 50 anos



A mudança do Pólo, analisada a cada período de 50 anos, durante os últimos 150 anos demonstra a rápida e dramática aceleração da mudança do Pólo Norte, rápida, muito rápida, cada vez mais rápida...

A taxa atual de mudança do pólo norte magnético é de cerca de 55 quilômetros por ano. De acordo com o conjunto de dados, durante o ano de 2000, o pólo norte magnético realmente mudou mais de 70 quilômetros em um único ano.




A questão agora é, desde que o deslocamento do pólo norte foi percebido nos últimos 400 anos de registros, as suas mais altas taxas de mudança se deu durante os últimos 10 a 20 anos, 
e o efeito cumulativo agora vai começar a causar imensos problemas para o mundo real (material) um pouco mais abaixo!!.
Será que os efeitos nos afetam sensivelmente ou estamos indo por um mau caminho? O clima (e as mudanças climáticas) dirão, suponho, mas no ritmo atual, haverá, sem dúvida, vários efeitos diretos sobre muitos sistemas criados pela nossa sociedade nos próximos anos, muitas delas serão temas incómodos, tais como alterações na documentação geográfica e outros que serão provavelmente muito mais sérios.
Não se sabe se a mudança vai acelerar ou desacelerar nos próximos anos. Alguns dizem que uma inversão dos pólos, por tudo que já aconteceu, JÁ    deveria ter ocorrido, mas que estaria em atraso, e estes fenômenos podem ser indicadores do início desse processo.

No sentido atual, o pólo norte magnético está se dirigindo diretamente para a Rússia. A imagem seguinte mostra a dramática aceleração durante os últimos 50 anos contra os últimos 10 anos de aceleração do movimento.
Note que o campo magnético da terra é o que nos protege da radiação solar e cósmica extrema e mantém existente a nossa atmosfera. Sem isso, nós não sobreviveríamos como espécie. Poderia uma inversão dos pólos causar um período de tempo entre o flip-flop de modo que nós estaríamos todos expostos à radiação mortal? E as consequências dessa reversão polar sobre a massa de água dos oceanos, seria catastrófica para quem residir junto às costas maritimas (mais de 50% da população mundial). Fique atento ...




Nenhum comentário:

Postar um comentário